Gestão do escopo, você faz?

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 

A gestão do escopo em projetos, não deve ser deixada de lado.

Segundo o dicionário, escopo significa:

  • Ponto que se deseja alcançar;
  • Aquilo que se tem por finalidade;
  • Propósito;
  • Somatória de tudo que se pode referir a um projeto; descrição detalhada de um projeto, de seus propósitos: escopo de projeto;
  • Delimitação das atividades.

Com base nas definições acima, podemos considerar que escopo é a descrição detalhada de um projeto e seus propósitos. Como você gerencia o escopo dos seus projetos?

Muitas empresas se preocupam com a entrega do projeto. Entretanto, ao se preocuparem demasiadamente com a entrega acabam esquecendo de gerenciar outros itens do projeto, e nos últimos tempos tenho observado que o escopo acaba sendo deixado de lado.

Em muitos casos percebo que o escopo fica em segundo plano, devido às rápidas mudanças que as empresas precisam passar, para superar seus concorrentes ou melhorar seus produtos. Nestes casos, as mudanças necessárias impactam diretamente o objetivo ou o que se deseja entregar.

Gerenciamento d Projetos
Gerenciamento d Projetos

Algumas empresas, adotam metodologias ágeis e criam uma falsa verdade de que o escopo pode ser alterado e tudo bem, com isso acabam acreditando  que “…como adotamos metodologias ágeis, teremos entregas ágeis!”.

Sou adepto de metodologias ágeis, e faço uso diário. Entretanto, a forma como metodologias ágeis são implementadas, ou pelo menos como as empresas acreditam que implementam não é a mais adequada.

É necessário que ocorra uma mudança na forma de pensar das pessoas que irão interagir no projeto, principalmente pessoas que ainda possuem o modelo mental do waterfall.

Mas vou voltar ao título deste texto que é a gestão do escopo.

Tenho observado projetos de médio e grande porte, onde o escopo é revisitado apenas quando o status do projeto está amarelo ou em muitos casos vermelho.

Mudanças fazem parte do ser humano e das necessidades das empresas, porém quando há uma alteração no decorrer do projeto, onde novas necessidades devem ser atendidas, o escopo do projeto deve ser revisto.

Entretanto, revisar algo é visto como um fator de desperdício de tempo por alguns líderes (entenda: chefe), e o trabalho de revisão do escopo acaba sendo deixado de lado. Um grande erro quando isso acontece!

A falta de revisão do escopo, pode acarretar em: atraso na entrega do projeto, custos adicionais, equipe descontente (esse acho que é uma das piores coisas que podem acontecer), implementação errada de itens, etc…etc…etc.

Tenho visto projetos, que poderiam ser entregues em um período muito curto de tempo, porém gasta-se o dobro ou o triplo do tempo pela falta de gestão do escopo.

Quer saber mais sobre gerenciamento de projetos? Então veja os 10 erros comuns em Gerenciamento de Projetos e como evitá-los.

Deixe sua opinião nos comentários.

1,050 total views, 3 views today

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *